sexta-feira, 10 de abril de 2009

Clube de canoagem promove limpeza em rio de Jaraguá do Sul - 2009

Clube de canoagem promove limpeza em rio de Jaraguá do Sul

Cerca de 75 pessoas em canoas, botes e caiaques recolheram entulhos no leito e margens

Emerson Gonçalves | emerson.goncalves@an.com.br

Às vésperas do Dia Mundial da Água, o Clube de Canoagem Kentucky, de Jaraguá do Sul repetiu uma ação que já ocorre há 14 anos: promoveu na manhã deste sábado a limpeza de um rio da região do Vale do Itapocu. O escolhido desta vez foi o rio Jaraguá.

A ação mobilizou 75 pessoas em canoas, botes e caiaques, a maioria membros do próprio clube, mas contou com apoio da Prefeitura de Jaraguá do Sul, Defesa Civil e Fundação Jaraguaense de Meio Ambiente (Fujama). O grupo recolheu entulhos depositados no leito e nas margens do afluente.

A programação inicial previa que o trabalho se estenderia por oito quilômetrsos, mas o sol forte e o cansaço dos participantes fez com que o percurso fosse reduzido para cinco. Mesmo assim, a quantidade de entulho retirada do rio praticamente tomou toda a carroceria do caminhão da prefeitura que acompanhou o grupo.

— Tem de tudo aí, dois carrinhos de mão, lampadas fluorescentes, tapetes, pneu de caminhão e até um motor elétrico — comentou o motorista do veículo, Edemar Kropp.

Apesar da variedade de lixo encontrada, o presidente do Kentucky, Odilon Manske, disse que o número de objetos jogados nos rios da região tem diminuido nos últimos anos.

— Acredito que aos poucos as pessoas estão se conscientizando da importância de se preservar nossos rios — destacou.

Manske falou que boa parte dos entulhos encontrados foram originados nas enchentes de novembro.

— Observamos situações absurdas. Próximo ao bairro Jaraguá Esquerdo percebemos uma casa onde o cidadão joga praticamente todo o lixo doméstico no rio, inclusive fechado em sacos plásticos. Detalhe, o caminhão de coleta passa na frente da casa dele diariamente — desabafou.

Os organizadores acreditam que foram recolhidos cerca de mil quilos em entulhos que serão depositados numa caçamba em frente ao Kentucky. Na segunda-feira, uma empresa especializada irá recolher o material para reciclagem.

O Kentucky pretende repetir a ação ainda este ano.

— Temos programada uma nova limpeza , mas no Rio Itapocu, no dia 6 julho, alusiva ao Dia Mundial no Meio Ambiente que se comemora naquele mês — destacou Odilon Manske.