segunda-feira, 4 de novembro de 2013

5º CANOISTA DE FERRO - DESAFIO VENCIDO

O desafio canoísta de ferro fez jus ao seu titulo "Só os fortes sobrevivem a este desafio", que contou com a participação de oito bravos remadores que não desistiram nem mesmo com ventos contrários e com a maré baixando durante toda a manhã, numa das marés mais baixas do ano, o que gerou uma correnteza muito mais forte do que o normal em todo o trajeto dos primeiros 37 quilômetros, que terminam no salto do Guamiranga. Apos o almoço de meio hora seguem a sua jornada contra o vento e o cansaço, buscando cumprir os últimos 24 quilômetros, os mais difíceis dadas as corredeiras e os obstáculos que passam a aparecer com maior frequência. No final, a certeza de que o esforço vale a pena, o rio é vencido. Apesar de não ser uma competição, todos querem dar o máximo de si. O primeiro canoísta a chegar remou 07:30 h, quebrando o recorde do desafio. A última dupla gastou 08:20 h. No final, o merecido troféu para cada participante e a foto para a história da canoagem. Nenhum desistente, todos venceram o desafio, todos puderam curtir a natureza e testar seus limites. Até o próximo ano, no 6º canoísta de ferro.  

 7h da manhã concentração para largada praça central de Barra velha. 
Largaram lagoa de Barra Velha!
 Sofrendo com os fortes redemoinhos, a correnteza, a maré baixando e os ventos contrários.
 Urso chegando salto do Guamiranga.
 Duplas chegando no salto.

 No almoço o canoísta biguá dando aulas de como se come um peixe inteiro.
 Largada após almoço.


 Chegando na represa de Guaramirim por volta das 16h 30min, ao todo sete horas e trinta de remada.

 Apoio técnico ajudando os colegas que estavam na água.
 Premiação!
 Demais integrantes da equipe de apoio.